Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bora lá Viajar!

Um blog de viagens de uma sonhadora que quer partilhar as suas experiências com o mundo.

Ter | 22.09.20

Lapónia sueca // Um dia em Kiruna

Joana Lameiras

Kiruna.jpg

 

Durante o ano em que vivi em Estocolmo, tive a oportunidade de viajar e conhecer outras cidades da Suécia. Uma delas é Kiruna, no norte do país, que faz também parte da lapónia sueca. Digo sueca pois a lapónia faz parte de 4 países, embora seja muitas vezes associada apenas com a Finlândia. Bem, com a Finlândia e também com o Pai Natal, pois toda a gente sabe que este vive, supostamente, no Pólo Norte. Aliás, um facto curioso é que existe uma “guerra” já há muitos anos entre três países da Escandinávia, a Suécia, a Finlândia e a Noruega, pois os habitantes de cada um deles gostam de acreditar que o seu país é a original terra do Pai Natal. A Suécia tem até uma cidade, chamada Mora, onde há um parque temático baseado no Pai Natal, chamado Santaworld.

Bem, em Kiruna não vi nenhum gordo de vermelho ou renas, mas vi muita, muita neve. Fui com uma amiga minha portuguesa de avião desde Estocolmo, porque Kiruna e a capital da Suécia ainda são bastante longe uma da outra - 15h de comboio. Fomos em pleno inverno, no início de Dezembro, e se eu achava que estava frio em Estocolmo, então em Kiruna… estava um completo gelo. Apanhámos -10ºC, o que foi bastante horrível, mas pelo menos já estávamos preparadas física e mentalmente para tal temperatura. Tal como em Estocolmo, em Kiruna anoitecia muito cedo naquela altura, mas em vez de termos 6h de luz solar, como na capital, tínhamos apenas 1h, e mesmo assim pouca diferença fazia entre o dia e a noite!

Normalmente para visitar a lapónia costuma fazer-se tours, mas nós só fomos passar lá uma noite, pelo que planeámos nós próprias tudo acerca da viagem. Não queríamos gastar muito dinheiro - no fundo, só queríamos ver muita neve, conhecer um bocado da lapónia e, quem sabe, ver as auroras boreais.

Infelizmente, apenas conseguimos fazer duas das três coisas que mencionei. Vimos muuuuita neve e visitámos Kiruna, podendo ficar com uma ideia de como é a vida no pólo norte, mas no dia que lá passámos estava nevoeiro, pelo que ver as auroras tornou-se impossível. Por esta razão, recomendo que se um dia fizerem uma viagem com esse intuito fiquem pelo menos três noites, para ter mais hipóteses de ver este fenómeno natural. Mesmo assim, conheci pessoas na Suécia que ficaram uma semana inteirinha na lapónia e não conseguiram ver nada e outras que foram apenas um dia e tiveram alguns vislumbres, pelo que se trata de uma questão de sorte, essencialmente.

Mesmo sem as auroras boreais, gostámos muito desta viagem de um só dia. Tivemos a oportunidade de ver uma realidade diferente daquela a que estávamos habituadas - porque apesar de eu já viver na Suécia naquela altura, Estocolmo e Kiruna são cidades muito distintas em vários aspetos. Estocolmo tem muitos prédios, muita gente, muita vida. Mesmo quando está frio, há gente na rua, no metro, em todo o lado. Kiruna estava completamente deserta. Quando chegámos, em pleno início de tarde, estava já super escuro e não se via uma alminha na rua. A maior parte dos estabelecimentos estavam fechados, exceto cafés ou restaurantes.

 

Árvore de natal em Kiruna.jpg

 

Já para não falar do clima. Eu queixei-me muito do tempo de Estocolmo, mas em Kiruna é tudo muito mais no extremo. Está muito mais frio, muito mais escuro e muito mais neve! Eu adoro neve, e adorei ver neve na lapónia, porque o manto branco cobre mesmo tudo. As estradas, os passeios, as casas - esteve sempre tudo tapado pela neve, e ficava mesmo lindo!

 

Estrada em Kiruna.jpg

Kiruna de manhã.jpg

 

Esteve quase sempre a nevar, mas isso não nos impediu de partir à descoberta. Como estávamos em Dezembro, haviam muitos enfeites de natal pela rua e nas casas à nossa volta, o que contribuiu para aumentar a beleza da cidade. Para além disso, a arquitetura sueca é mesmo bonita, e isso vê-se especialmente em sítios mais rurais como Kiruna, que tem muitas casas de madeira.

 

Árvore iluminada em Kiruna.jpg

Casa e árvore em Kiruna.jpg

Casa em Kiruna.jpg

 

Em termos de atrações da cidade, apenas fomos até à Igreja de Kiruna - outro perfeito exemplo de arquitetura espetacular. Fiquei mesmo deslumbrada com a sua beleza, apesar de a ter visto durante a noite, pois naquela altura do ano não há grande escolha.

 

Igreja, Kiruna.jpg

Igreja de Kiruna.jpg

 

fork.png  Comida & Bebidas

 

  • FIKA BY SPIS - Fomos a este café grande e agradável lanchar e descansar um pouco. Muito simpático, com doces tipicamente suecos, embora um pouco caros.
  • The Bishop Arms - Um pub com imensa variedade de bebidas, ao qual fomos para, maioritariamente, aquecer um pouco e beber qualquer coisa.

 

The Bishop Arms, Kiruna.jpg

 

  • Arctic Thai & Grill - Com preços acessíveis e boa comida asiática, foi este o local que escolhemos para jantar. Recomendo - é bom, rápido e não faz esvaziar a carteira!

 

Arctic Thai & Grill.jpg

 

Na lapónia sueca, há muito para fazer e muitos sítios lindos para visitar. Existe o famoso IceHotel e a localidade de Abisko, mais afastada da cidade e da poluição luminosa, por exemplo. Quis manter esta viagem curta e low-cost, mas existem imensas atividades que se podem fazer no norte do país e que devem ser mesmo espetaculares, de inverno. De verão, bem, a cidade deve ser igualmente incrível. Cheia de sol e de vida, 24h por dia. O fenómeno natural popular nesta altura do ano é o sol da meia-noite, que embora não seja tão famoso como as auroras boreais, deve ter, certamente, o seu encanto.

 

Ir à lapónia é, sem dúvida, uma experiência diferente e que recomendo a todos. Com um bom casaco e calças térmicas, o frio aguenta-se bem - só tenham cuidado para proteger todas as extremidades e, se utilizarem muitas camadas, tirem-nas sempre ao entrar em algum estabelecimento, porque nos espaços interiores é tudo muito quente, e a diferença térmica é perfeita para criar constipações. De resto, é aproveitar, divertir e fazer anjinhos na neve!

 

Guarda este post no Pinterest!

Lapónia sueca - Um dia em Kiruna.png

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.