Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bora lá Viajar!

"Traveling – it leaves you speechless, then turns you into a storyteller"

Ter | 26.04.22

Sevilha // Roteiro de 1 dia

Joana Lameiras

Vista das Setas de Sevilha.jpeg 

Viver na Peninsula Ibérica é mesmo um privilégio.

É esta a conclusão a que chego sempre que vou à descoberta e surpreendo-me com mais um cantinho de Portugal ou de Espanha. Neste caso, aquilo que me surpreendeu não foi propriamente um cantinho, porque não há nada de pequeno sobre Sevilha, a capital da Andalusia e quarta maior cidade de Espanha. 

Apesar de ser uma cidade bem grande e conhecida, nunca a tinha visitado. A oportunidade de dar um salto até lá surgiu pois eu e a minha família fomos até Albufeira passar a Páscoa, e Sevilha fica a umas meras 2h de distância. Decidimos aproveitar e metemo-nos à estrada! Nesse fim-de-semana estava um tempo espetacular no Algarve, o que significou que estavam mais 10ºC em Sevilha. Em pleno Abril, apanhámos 32ºC. Soube mesmo a verão, o que foi espetacular! 

Algo que fez com que a nossa visita a Sevilha fosse diferente de uma visita em qualquer outra altura do ano, foi o facto de termos feito a viagem em plena Semana Santa. A Semana Santa em Sevilha é uma festa enorme, conhecida internacionalmente, com imensas procissões. A cidade estava completamente cheia, com um ambiente incrível. Adorei a experiência!

 

O DIA

Chegámos a Sevilha por volta das 13h. Conseguimos arranjar lugar ao pé da Plaza de España, mas demos muitas voltas até o encontrar. Não só estávamos na Semana Santa, como era também sábado, e por isso parecia que toda a gente tinha tido a mesma ideia que nós.

Começámos por explorar a Plaza de España, que fica dentro do Parque María Luisa. E que praça linda! Para mim, esta praça dá 100 a 0 às Plazas de España de Madrid ou Barcelona. É mesmo espetacular, e de alguma forma fiquei com a sensação de que era uma praça “mais espanhola” do que todas as outras que já vi, no sentido em que a praça mostra bem a cultura e a beleza do país. Para acrescentar à experiência, encontrámos mulheres a dançar flamenco na rua, enquanto um senhor cantava maravilhosamente. Foi super giro!

 

Plaza de Espana.jpeg

Eu na Plaza de Espana.jpeg

Canal da Plaza de Espana.jpeg

Danças na Plaza de Espana.jpeg

Plaza de Espana, vista lateral.jpeg

 

De seguida, atravessámos parte do Parque María Luisa, um parque super agradável, em que de vez em quando passam cavalos a puxar carroças, com turistas lá dentro. Fomos a pé até à Catedral de Sevilha, um dos ex-líbris da cidade. Acabámos por não entrar, pois o bilhete não era muito barato, e pelas fotografias achámos que não valia a pena. No entanto, o exterior já dá para fotografias lindas!

 

Catedral de Sevilha.jpeg

Torre da Catedral de Sevilha.jpeg

 

Ainda melhor do que a catedral, é a zona onde ela está. Cheia de restaurantes, movimentação e barulho! Percebemos imediatamente que numa zona assim, os restaurantes eram claramente orientados para turistas, mas decidimos experimentar à mesma. Arranjámos uma mesa na esplanada e matámos, finalmente, a fome.

 

Rua de restaurantes.jpeg

 

fork.png  Almoço

La Tradicional - Pedimos quatro pratos diferentes: queijo de cabra com compota, os famosos croquetes da zona, tortilha espanhola e arroz à valenciana. O queijo com a compota e os croquetes estavam mesmo bons. O resto… nem por isso. No geral, achei caro para a qualidade que era e não voltaria lá, pois tenho a certeza que se consegue arranjar muito melhor!

 

Queijo com compota e nozes.jpeg

Croquetes no La Tradicional.jpeg

 

A este ponto do dia estava mesmo muito calor, e era imperativo comer um gelado. Escolhemos os do Amorino, que souberam pela vida!

Depois das nossas energias estarem repostas, partimos rumo à Torre del Oro, junto ao rio. A marginal é agradável, e por isso andámos um pouco por lá.

 

Caminho até à Torre del Oro.jpeg

Torre del Oro.jpeg

 

De seguida, voltámos a entrar nas ruelas de Sevilha e demos de caras com uma procissão. Estava um magote de gente, mas conseguimos acompanhar e foi bastante engraçado! Estas procissões são definitivamente diferentes daquilo a que estou habituada, e valem a pena ver. Na verdade, quem for a Sevilha durante a Semana Santa não tem grande escolha. Nós tropeçámos em procissões durante o dia todo! É mesmo uma grande festa, que condiciona a cidade inteira, e eu adorei ver toda aquela animação. Quase que parecia mentira, depois de tanto tempo na pandemia!

 

Nazareno.jpeg

Procissão.jpeg

 

Por causa de toda a confusão, acabámos por dar imensas voltas e demorámos muito tempo até chegar à próxima paragem - as Setas de Sevilha. As Setas de Sevilha é um miradouro enorme e completamente diferente do habitual, situado numa grande infraestrutura de madeira. Estava com vontade de ir espreitar, e por isso acabei por pagar os 5 euros do bilhete para subir. Existem vários pacotes, nomeadamente experiências que combinam o miradouro com um espetáculo de luzes (mas só à noite). Acredito que isso deva ser bem mais espetacular, porque fiquei um bocadinho desapontada com o miradouro durante o dia! Era mais pequeno do que parecia e não oferecia vistas espetaculares como eu imaginei. Não deixou de ser uma experiência diferente e engraçada, mas achei que não valeu o dinheiro!

 

Setas de Sevilha.jpeg

Vista debaixo das Setas de Sevilha.jpeg

 

Depois disto, voltámos para a zona da Catedral de Sevilha, onde decidimos sentar-nos num restaurante para beber qualquer coisa fresca.

 

fork.png  Lanche

Iguanas Ranas - Sentámo-nos num restaurante mexicano e, para além de quatro Schweppes, pedimos também uns nachos com diferentes molhos para pesticar. Para nossa surpresa, os nachos eram incríveis! Deliciámo-nos mesmo e voltaria, sem dúvida!

 

Nachos.jpeg 

A este ponto já era perto da hora de jantar e decidimos voltar para o carro. Pelo caminho, passei novamente na Plaza de España porque fiquei mesmo apaixonada!

 

Plaza de Espana ao pôr do sol.jpeg

 

Foi um belo final de dia. Estávamos cansados mas super satisfeitos. Sinceramente, aquele dia soube-me a umas boas férias. Deu para quebrar a rotina e surpreendi-me mesmo com a cidade! Recomendo a todos, principalmente na primavera, pois já ouvi dizer que no verão as temperaturas sobem mesmo muito e torna-se insuportável. Uma ideia para passar um excelente dia, principalmente para aqueles que estiverem no Algarve ;)

 

Guarda este post no Pinterest!

Sevilha - Roteiro de 1 dia.png

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.