Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bora lá Viajar!

Um blog de viagens de uma sonhadora que quer partilhar as suas experiências com o mundo.

Sab | 12.09.20

Trento // Visitar um cantinho de Itália

Joana Lameiras

Vista para o Rio Ádige, Trento.jpg

 

Durante o meu ano de estudos na Suécia tive várias oportunidades de ir para fora do país e visitar sítios nos quais nunca tinha estado antes. A primeira destas viagens, cerca de 2 meses depois de chegar a Estocolmo, teve como destino Trento, em Itália.

Trento é a capital da província autónoma de Trento, que faz por sua vez parte da zona sul do Tirol, chamada Trentino-Alto Ádige. Fica a cerca de 2h do aeroporto mais próximo, Aeroporto de Bergamo, e é a terceira cidade mais populosa dos Alpes, estando apenas precedida por Grenoble, em França, e por Innsbruck, na Áustria. Este último facto foi algo que descobri posteriormente, e surpreendeu-me bastante. Trento é o tipo de cidade que parece quase uma vila - não em termos de tamanho, mas em termos de ambiente. Os dias que lá passei, apesar de terem sido atarefados e repletos de confusão, deixaram-me a ideia de que a cidade era calma e tranquila. É claro que isto também se pode ter devido ao facto de que Trento é rodeado por montanhas, e aquela natureza toda e paisagem espetacular é automaticamente associada, para mim, com paz e harmonia.

Não fui eu que escolhi ir a Trento. Na realidade, não sabia nada sobre a cidade antes de ter os bilhetes de avião na mão. Fui a Trento participar num evento organizado pelo programa de estudos em que estava inscrita, no qual também compareceram estudantes de vários sítios da Europa de programas semelhantes. O objetivo deste evento era fazer com que nos conhecêssemos uns aos outros, formássemos mais ligações internacionais e nos desafiássemos com as atividades propostas. Estas atividades passavam por formar grupos com pessoal de outras universidades e criar ideias, desenvolvendo-as em propostas e apresentações. Também passavam por festas, noitadas e tempo livre para explorar a cidade.

Estou a escrever este post porque nunca uma cidade me surpreendeu tanto como Trento. Já visitei locais que considero espetaculares, mas tinha feito bastante pesquisa sobre estes de antemão e já sabia o que esperar. Desta vez, como foi tudo organizado por uma entidade que não eu, o que eu associava à viagem resumia-se a isto: “Itália, calor, comida”. O que, sinceramente, era mais do que suficiente para mim. Pensar em comer uma boa pizza e usar t-shirts na rua era um sonho só por si.

Por isso, quando comecei a passear pelas ruas na manhã seguinte à minha chegada e me deparei com uma enorme e linda montanha à minha frente… wow. Fiquei completamente de boca aberta. Já tinha visto montanhas antes, claro, mas nunca assim. Nunca tão perto e tão grandes e tão bonitas. Eram os alpes. Eu estava mesmo ao pé dos alpes e era arrepiante! Sempre gostei de montanhas mas só naquela viagem me apercebi o quanto. É que as fotografias não fazem mesmo justiça à perfeição que aquele cenário é. Fiquei logo ali uns bons minutos parada, plenamente transfixa naquilo que tinha à minha frente.

 

Montanhas em Trento.jpg

Alpes, Trento.jpg

Ruas de Trento.jpg

 

Estive três dias em Trento, e nunca me consegui habituar àquela beleza estonteante. Os meus dias eram passados essencialmente a trabalhar mas quando saía da sala e dava de caras com as montanhas… era como se fosse a primeira vez. Tive quase um dia inteiro para explorar a cidade em si, e aqui deixo as minhas sugestões:

 

  • Visitar a Piazza del Duomo. A probabilidade de passar por aqui, mesmo que não se planeie, é grande. A praça, onde também está a Catedral de Trento, fica localizada no centro da parte velha da cidade e não consegue passar despercebida. Um local muito bonito, renovado ao longo dos anos.

 

Piazza del Duomo, Trento.jpg

 

  • Visitar o Castelo de Buonconsiglio. Só vi o castelo por fora, e valeu a pena. Com uma arquitetura gótica, é um edifício muito bonito, que enriquece a cidade. Não é por acaso que é uma das principais atrações para os turistas. Definitivamente um sítio que precisa de conhecer, se estiver por Trento.

 

Castelo de Buonconsiglio, Trento.jpg

 

  • Subir a Doss Trento. Esta é uma colina que proporciona vistas espetaculares sobre a cidade e subi-la é fácil e não demora muito. Foi, sem dúvida alguma, aquilo que mais gostei de fazer em Trento, e só tive pena de a aventura não ter durado mais. No topo da colina existe um monumento dedicado a Cesare Battisti, um escritor e ex-ativista de Trento, o Cesare Battisti Mausoleum.

 

Capela em Doss Trento.jpg

Vistas do Doss Trento.jpg

Cesare Battisti Mausoleum, Trento.jpg

Ruas na colina Doss Trento.jpg

 

 

  • Passear pela cidade. Trento é lindo e a melhor maneira de ver e experienciar a cidade na sua plenitude é caminhar pelas ruas, observar a vida, as casas, a natureza à volta. Aconselho a passear perto do Rio Ádige e a tirar fotografias da Ponte de S. Giorgio, que tem umas vistas muito bonitas.

 

Rua de pinheiros em Trento.jpg

Passeando por Trento.jpg

Caminho perto do Rio Ádige.jpg

 

  • Visitar o MUSE. O MUSE é um museu de ciência bastante conhecido e um dos locais que gera mais interesse em Trento. Não o visitei, por falta de tempo, e tenho pena. É um museu muito interativo e ideal para os mais novos.

 

MUSE, Trento.jpg

 

fork.png  COMIDA

As refeições foram-nos sempre asseguradas pela organização, exceto o último almoço. Para além deste, comi fora mais uma vez, porque me deu a fome antes de dormir e fiz os meus amigos virem comigo (de pijama) a uma pizzaria ali perto. Não encontrei o nome da pizzaria, infelizmente, mas sei que ficava perto do meu hotel, o Hotel Everest. O último almoço foi feito num restaurante chamado Sapori Mediterranei. A comida estava excelente, mas os preços são um pouco altos. Pedi bruschetta, em parte porque era das coisas mais baratas do menu. O prato estava ótimo, mas era pequeno, e embora não tenha ficado com fome, fiquei com vontade de comer outro!

 

Bruschetta no Sapori Mediterranei, Trento.jpg

 

Quando vi o meu primeiro almoço durante esta viagem, quase que comecei a salivar. Tinha tantas saudades de uma boa comidinha italiana, que é muito mais parecida à portuguesa do que a sueca… O queijo, o presunto, a massa… juro que estou a ficar com fome só de escrever isto. São raras as refeições que me sabem tão bem como aquela me soube! Eu gosto de cozinhar, mas, daquela vez, saber que não tinha cozinhado para preparar aquela refeição só fez com que a comida me soubesse melhor. É que na Suécia era tudo muito caro, e era raríssimo comer fora, por isso estava mesmo a sentir a falta disto!

 

Almoço em Trento.jpg

 

Infelizmente não tive oportunidade de explorar a cidade como queria, por falta de tempo livre, mas a verdade é que esta viagem me proporcionou momentos incríveis e me permitiu criar memórias que vou guardar comigo para sempre. Conheci pessoas de todo o mundo e fiz amizades que ainda hoje se mantêm. Saí da minha zona de conforto e diverti-me imenso. E, um dos meus aspetos favoritos da viagem: comi bem, muito e de graça! ;)

 

Guarda este post no Pinterest!

Trento - Visitar um cantinho de Itália.png

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.